Como surgem as manchas amareladas nas roupas brancas?

As manchas amareladas na região das axilas surgem, principalmente, por causa de uma reação química que acontece entre o suor produzido pelo corpo e o alumínio presente na composição dos desodorantes. Essa reação deixa um resíduo que adere ao tecido e que não é possível de ser removido com a lavagem normal.

Outras causas de amarelamento nas roupas são o tempo em desuso e/ou lavagem incorreta. Peças guardadas em armários e gavetas durante meses estão suscetíveis à incidência de mofo, bolor e encardido. A lavagem de peças brancas com peças de outras cores, ou o uso de produtos inadequados, também pode amarelá-las ou manchá-las.

Como tirar o amarelado de roupa branca?

As manchas mais recentes e pouco aparentes podem ser removidas por meio de receitas caseiras. Aqui vão algumas delas:

1. Bicarbonato, sal e água quente

Para peças consideradas resistentes, como camisas e outras roupas de algodão, deixe-as de molho em uma solução de bicarbonato e sal, na proporção de 1 colher de cada item para cada litro de água quente, por 2 horas. Depois basta seguir com o processo normal de lavagem.

2. Sabão em pó, bicarbonato e água fervente

Para peças resistentes à temperatura alta, coloque-as em uma panela com água fervente suficiente para cobrir a peça. Acrescente 70 gramas de sabão em pó até a água ficar bem azulada, e 3 colheres de sopa de bicarbonato de sódio, deixe de molho nesta água por 6 horas. Depois coloque na lavadora de roupas e lave no ciclo longo ou enxágue bem.

3. Vinagre e bicarbonato

Para retirar manchas mais intensas, faça uma mistura de 1 colher de sopa de vinagre com 1 colher de sopa de bicarbonato de sódio e aplique diretamente sobre a mancha. Deixe agir por 10 minutos e então coloque a roupa de molho novamente. Passados entre 30 minutos e 2 horas, a depender da mancha, enxágue a peça com bastante água para retirar os resíduos de produtos.

4. Sabão de coco e sol

Quarar no sol. Ensaboe a peça – já previamente molhada – com sabão de coco e deixe em uma bacia no sol, mas retire-a antes de secar completamente, para evitar novas manchas. Prefira deixar a bacia dentro de um saco transparente para evitar a entrada de bichos (e remover manchas de um inseto morto é quase impossível) , além de que a peça estando dentro do saco vai aquecer, acelerando a reação, e tem menos risco de secar demais, pois a umidade estará presa dentro do saco.

5. Leite frio

Para peças antigas, que amarelaram pelo tempo de uso e lavagens, deixe-as de molho em leite frio. O leite possui excelentes propriedades emulsificantes e pode ajudar a remover o amarelado. Deixe de molho com a peça já limpa, totalmente encoberta pelo leite, por aproximadamente 2 horas. Enxágue bem e torne a lavar.

6. Produtos químicos

Para a remoção de manchas de vários tipos, inclusive as amareladas, uma boa opção é usar alvejantes sem cloro. Procure no rótulo os princípios ativos:

Peróxido de hidrogênio, para produtos líquidos;

Perborato de sódio, para produtos em pó.

Além desses, os produtos industrializados podem conter amônia, que potencializará a ação dos princípios ativos mencionados acima.

Cuidado com o Limão!

Uma receita caseira frequentemente divulgada sugere o uso de limão e bicarbonato sobre a mancha, expostos ao sol. Esse procedimento é de altíssimo risco à roupa, pois pode resultar no contrário do esperado: amarelamento. A roupa pode secar “demais” e amarelar, como se tivesse queimado. E, ainda, se não for bem enxaguada, a solução de limão e bicarbonato pode ficar agindo por horas nas fibras da roupa e danificá-la. Ambos os processos são difíceis de serem revertidos, por isso não indicamos essa técnica.

Curiosidade química

O bicarbonato de sódio (NaHCO3) é a base das receitas caseiras pois ele é um produto alcalino, o que ajuda na abertura das fibras para a remoção da sujidade, e produtos como o vinagre desencadeiam a liberação de oxigênio presente no bicarbonato de sódio. Durante a oxigenação, ocorre transferência de elétrons que auxiliam na remoção do amarelado.

Tecidos Delicados

É importante ressaltar que as soluções caseiras não são indicadas para tecidos mais delicados, como a seda, pois eles têm mais riscos de serem danificados.

Se as manchas forem mais resistentes ou se você não tem muito tempo disponível para acompanhar os processos caseiros, o ideal é contar com a ajuda de uma lavanderia profissional, que empregará outros produtos e técnicas para retirar o amarelado das peças.

Se quiser agendar a retirada e lavagem de suas peças com a Lavanderia Dona Madá, clique aqui.

Escreva um comentário